terça-feira, 24 de janeiro de 2012




EFEMÉRIDENastassja Kinski, de seu verdadeiro nome Nastassja Aglaia Nakszynski, actriz alemã, nasceu em Berlim no dia 24 de Janeiro de 1961.


Morou com os seus progenitores em Roma e teve uma infância muito atribulada. Quando tinha dez anos, os pais divorciaram-se e ela e a mãe foram viver em Munique, passando por dificuldades financeiras, não só porque o pai não as ajudava mas também porque a vida profissional da mãe era muito inconstante. Desde muito nova teve de trabalhar e, como a sua beleza era já uma evidência, começou a actuar como modelo apenas com treze anos de idade.


Começou a sua carreira no cinema em 1975, no filme “Falsche Bewegung”. Ganhou uma crescente notoriedade, não só pela sua beleza, mas porque desempenhava cenas bastante ousadas em muitos dos seus filmes. Porque as fez ainda em adolescente, as mesmas não foram livres de controvérsia e, para os filmes poderem passar nos Estados Unidos, foi referido às autoridades americanas que ela tinha nascido em 1959 e não em 1961.


Aos dezasseis anos, Nastassja começou uma relação com o realizador Roman Polanski, vinte e oito anos mais velho do que ela. Com “Tess”, de Polanski, ganhou em 1979 um Globo de Ouro de Melhor Actriz. Foi considerada um símbolo sexual nas décadas 1980 e 1990. Falando fluentemente cinco línguas, Nastassja pode representar em qualquer delas sem ser dobrada (Alemão, Russo, Inglês, Francês e Italiano).


Em 1984, participou em “Paris, Texas”, película realizada por Wim Wenders (o mesmo que a tinha lançado nove anos antes). Este filme ganhou três Palmas de Ouro em Cannes e um BAFTA em Londres, para além de mais dez prémios europeus de cinema. Acabou o ano, participando em “Os amantes de Maria” de Andrei Konchalovsky, que ganhou um César para o Melhor Filme Estrangeiro em França e foi muito aplaudido pela crítica, tendo um enorme sucesso na Europa.


Conhecera entretanto o produtor egípcio Ibrahim Moussa, com quem passou a viver em Itália, casando-se em 1984 e divorciando-se em 1992. Voltou aos Estados Unidos, onde prosseguiu a sua carreira, regressando frequentemente à Europa. Participou ao todo em mais de sessenta filmes.


É uma das grandes apoiantes da Cruz Vermelha Internacional, não só em termos financeiros mas também nos contactos com a imprensa, sendo frequentemente a sua porta-voz.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...