domingo, 17 de junho de 2012

EFEMÉRIDEAntónio de Lima Fragoso, compositor, musicólogo e pianista português, nasceu em Pocariça, Cantanhede, no dia 17 de Junho de 1897. Morreu na mesma localidade em 13 de Outubro de 1918.
Cedo revelou a sua extraordinária vocação para a música e, aos oito anos, começou a ter lições de piano. Depois de terminar a instrução primária, foi para o Porto onde, de 1907 a 1914, concluiu o Curso Geral dos Liceus e os dois primeiros anos do Curso Superior de Comércio, tendo durante esse período prosseguido os seus estudos musicais.
Aos 16 anos, publicou e apresentou em público a sua primeira composição, “Toadas da minha aldeia”, que foi muito bem acolhida pela crítica. Ingressou depois no Conservatório Nacional de Música, em Lisboa, estudando harmonia e piano. Em Julho de 1918, concluiu o curso de piano com a classificação máxima. Em Outubro do mesmo ano, faleceu precocemente – aos 21 anos -vitimado pela gripe pneumónica que, nessa época, ceifou muitos milhares de vidas em toda a Europa.
Deixou mais de cem composições musicais, de reconhecido valor, já nesse tempo muito apreciadas mesmo nos centros musicais europeus.
Entre outras obras, destacam-se os seus “Prelúdios para piano”, “Danças Portuguesas”, “Lieder” para canto, as suas peças de câmara e, como peça culminante da sua obra instrumental, o belo “Nocturno” para orquestra.
António de Lima Fragoso ignorava regras e renegava disciplinas de escola, surgindo como o fruto revolucionário de uma arrebatada predestinação, um caso de intuição sem igual na história da música portuguesa.
Ainda em vida, mas sobretudo depois da sua morte, foi alvo de numerosas homenagens em Portugal e no estrangeiro. Manuela Paraíso descreveu o seu estilo musical como «tendo notáveis influências de Chopin e Debussy», acrescentando no entanto que «a sua música tinha uma identidade muito própria». Hoje, a Associação António Fragoso existe para divulgar o seu trabalho, promovendo gravações e performances das suas obras.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...