quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

5 DE FEVEREIRO - ANTÓNIO ALVES MARTINS

EFEMÉRIDEAntónio Alves Martins, religioso, professor, enfermeiro, jornalista e político português, morreu em Viseu no dia 5 de Fevereiro de 1882. Nascera em Granja de Alijó, em 18 de Fevereiro de 1808. Foi bispo de Viseu, desde Julho de 1862.
Entrou para a Ordem de São Francisco aos dezasseis anos, ingressando pouco depois na Universidade de Coimbra. Foi expulso em 1828, por ter sido acusado de participar na Revolução Liberal do Porto. Sendo um dirigente liberal, foi condenado à morte pelos miguelistas, tendo no entanto conseguido escapar, juntamente com outros três condenados, quando já iam a caminho do local de execução.
Foi capelão da Armada em 1832, sendo eleito deputado dez anos depois. Dirigiu o jornal “Nacional”, entre 1848 e 1849, tendo-se dedicado também ao jornalismo. Em 1852, foi professor universitário e, em 1861, enfermeiro-mor do Hospital de São José. Em 1862, foi nomeado bispo de Viseu.
Assumiu-se como dirigente do Partido Reformista, entre 1868 e 1869, sendo aclamado ministro do Reino em 1870/71.
Foi depois viver para Viseu, onde viria a falecer no Paço do Fontelo, antigo Paço Episcopal da diocese.
Na estátua que lhe rende homenagem, erigida em Viseu, figura uma citação sua: «A religião deve ser como o sal na comida: nem muito nem pouco, só o necessário».

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...