sábado, 18 de junho de 2011

EFEMÉRIDE Isabella Fiorella Elettra Giovanna Rossellini, actriz e modelo italo-americana, nasceu em Roma no dia 18 de Junho de 1952. É filha da actriz Ingrid Bergman e do cineasta Roberto Rossellini.
Na infância, sofreu de escoliose (progressiva curvatura da espinha dorsal). Aos 13 anos, teve que fazer uma cirurgia para corrigir o problema. A recuperação levou mais de um ano, período em que esteve acamada e com o corpo engessado.
Bastante cedo a sua beleza chamou a atenção do mundo do cinema, mas ela não parecia muito interessada em seguir as pisadas dos pais.
Trabalhou como jornalista, na qualidade de correspondente em Nova Iorque da RAI, enveredando depois pela carreira de modelo, na qual fez sucesso durante muitos anos. O seu trabalho mais importante nessa área consistiu em ser porta-voz e modelo principal dos cosméticos Lancôme, entre 1983 e 1995. O facto de ter permanecido na Lancôme, já em idade madura, constituiu um feito ímpar, numa época em que a indústria de produtos de beleza valoriza excessivamente a juventude dos seus modelos.
Enquanto a carreira de modelo ia de vento em popa, Isabella, um tanto por acaso, acabou por se tornar uma estrela de cinema. Primeiro, apareceu ao lado da sua mãe e de Liza Minelli, em “Questão de tempo” (1976), para em seguida actuar em duas películas italianas (“Il Prato” em 1979 e “Pap’occhio” em 1981).
Em 1979, casou-se com o realizador Martin Scorsese, de quem se divorciou quatro anos depois. Ainda casada, teve um envolvimento amoroso com outro realizador, David Lynch, que depois a dirigiu no aclamado “Veludo Azul” (1986). Este filme lançou-a definitivamente no estrelato, mas por pouco não a fez perder o contrato com a Lancôme, que não viu com bons olhos o forte pendor sexual do papel desempenhado.
A partir daí, a sua carreira cinematográfica disparou. Foram cerca de vinte participações em filmes para cinema e televisão, entre 1990 e 2003, além de aparições pontuais em séries televisivas.
Em 2005, na 29ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, Isabella esteve presente através de um filme de apenas 17 minutos, carinhosamente chamado “Meu Pai Tem 100 Anos”, uma curta-metragem, escrita e inteiramente interpretado pela actriz, que assim homenageou o centenário do nascimento do pai.
Em parceria com o grupo Lancaster, Isabella Rossellini mantém uma linha de cosméticos e perfumes, sob as marcas “Isabella” e “My Manifesto". Publicou entretanto a sua autobiografia, sob o título “Some of me”.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...