quinta-feira, 16 de junho de 2011

EFEMÉRIDEJoão Manuel Navarro Hogan, gravador e pintor neo-figurativo português, m0rreu em Lisboa no dia 16 de Junho de 1988. Nascera, também em Lisboa, em 4 de Fevereiro de 1914.
Teve a profissão de marceneiro e estudou na Sociedade Nacional de Belas Artes.
Fez a sua primeira exposição em 1941. Participou depois em várias outras exposições de arte moderna realizadas em Portugal. No estrangeiro, fez-se representar em mostras realizadas em Buenos Aires, Tóquio, Seul e Capri. No Brasil, participou nas 2ª e 5ª Bienais de São Paulo.
Foi bolseiro por duas vezes da Fundação Calouste Gulbenkian (1958 e 1961). As suas obras encontram-se expostas no Museu Nacional Soares dos Reis, no Museu Nacional de Arte Contemporânea e no Museu Calouste Gulbenkian.
Ilustrou um livro de Aquilino Ribeiro e recebeu o 1º Prémio de Pintura da Fundação Gulbenkian, na II Exposição de Artes Plásticas (1961). Muitos dos actuais gravadores portugueses foram seus alunos.

NB – Na ausência de fotografia, publica-se um seu auto-retrato.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...