terça-feira, 21 de junho de 2011

EFEMÉRIDESukarno, presidente da Indonésia de 1945 a 1967, morreu em Jacarta no dia 21 de Junho de 1970. Nascera em Surabaia, em 6 de Junho de 1901. Como muitos javaneses, Sukarno tinha apenas um nome, sem qualquer apelido.
A posição social dos pais permitiu-lhe estudar na “Europeesche Lagere School”, tirar o curso liceal na “Hoogere Burgerschool” e ingressar na Escola de Engenharia de Bandung onde se diplomou em 1926.
Tendo fundado o Partido Nacional Indonésio, foi preso em 1929 pelas autoridades holandesas. Libertado em 1931, voltou a ser detido em 1933, sendo exilado no sul de Sumatra.
Em Janeiro de 1942, a Indonésia foi invadida e ocupada pelos japoneses. Em Março de 1945, enquanto os americanos retomavam progressivamente o controlo do Pacífico, os japoneses encorajavam a criação de um «Comité de inquérito para o trabalho preparatório da Independência da Indonésia». No seio deste comité, Sukarno, que tinha sido libertado pelos japoneses, insistiu na necessidade de um Estado religiosamente neutro. O Japão capitulou no dia 15 de Agosto e, dois dias depois, Sukarno proclamava a independência da Indonésia, sendo nomeado seu primeiro Presidente.
Seguiram-se quatro anos de conflito armado e diplomático com os holandeses. A Holanda acabaria por transferir a soberania do território para a República da Indonésia, em Dezembro de 1949.
Os ideais políticos de Sukarno mesclavam o islamismo, o nacionalismo e o marxismo. Considerado um dos líderes do Terceiro-Mundo, buscou o fortalecimento do Movimento Não-Alinhado, ao mesmo tempo que recebia ajuda financeira dos Estados Unidos e da União Soviética.
A política externa de Sukarno foi depois conduzida com uma aproximação à China e uma beligerância com as potências capitalistas. Enfrentou então diversas rebeliões de grupos separatistas e anti-comunistas, uma delas, em 1958, financiada pela CIA.
Em 1960, dissolveu o Congresso, instituindo um novo Parlamento com membros nomeados pelo governo. No mesmo ano foi-lhe atribuído o Prémio Lenine da Paz. Em 1963 foi nomeado presidente vitalício.
A sua aproximação ao Partido Comunista Indonésio, culminando com o assassinato de seis generais anticomunistas em 1965, levou a um violento levantamento das Forças Armadas apoiado pelo governo dos Estados Unidos.
Em 1967 Sukarno foi retirado do poder após um golpe de Estado liderado pelo general Suharto, que seria formalmente declarado presidente em Março de 1968.
Após ser deposto, Sukarno permaneceu sob prisão domiciliar até à sua morte em 1970. Apesar de tudo, em 1985, o regime de Suharto deu o nome de Sukarno e de Hatta (seu vice-presidente) ao Aeroporto Internacional de Jacarta, «em homenagem aos dois proclamadores da independência».

2 comentários:

... disse...

bom dia!
Não sei se me saberá ajudar, mas gostaria de saber a hora de nascimento de Sukarno.

Obrigado

Brigite
brigite.almeida@gmail.com

Gabriel de Sousa disse...

Não sei, não.
Cumprimentos
Gbariel de Sousa

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...