terça-feira, 23 de outubro de 2012

EFEMÉRIDEMoritz Kaposi, médico dermatologista húngaro que está na origem da descoberta de um tumor da pele que tem hoje o seu nome, nasceu em Kaposvár no dia 23 de Outubro de 1837. Morreu em Viena de Áustria, em 6 de Março de 1902.
Oriundo de uma família judaica, Mór Kohn (seu nome original) começou a estudar medicina na Universidade de Viena onde se doutorou em 1859. A sua tese “Dermatologia e Sífilis” defendida em 1866, foi desde logo considerada como uma contribuição substancial para a dermatologia.
Convertido ao catolicismo, adoptou em 1871 o nome porque ficaria conhecido. Em 1875, foi nomeado professor na Universidade de Viena, tornando-se em 1881 membro do conselho de administração do Hospital Geral de Viena onde dirigiu a clínica de doenças de pele.
Em colaboração com o seu mentor, Ferdinand Ritter von Hebra, escreveu em 1878 o livro “Manual das Doenças da Pele”. A sua obra principal foi “Patologia e Terapia das Doenças de Pele”, apresentada em conferências para médicos e estudantes, publicada em 1880 e que se tornou um dos livros mais importantes na história da dermatologia, com tradução em várias línguas.
É-lhe atribuída a descrição do Xeroderma pigmentosum, uma desordem genética rara. Foi igualmente o primeiro a estudar o Lichen scrofulosorum (reacção granulo/matosa asséptica) e o Lupus erythematosus. Ao todo, publicou mais de 150 livros e artigos. A ele se deve, em grande parte, os progressos na utilização do exame patológico para o diagnóstico das doenças dermatológicas.
O seu nome entrou definitivamente para a história da medicina em 1872 quando, pela primeira vez, descreveu o Sarcoma de Kaposi, um cancro da pele que afectava cinco dos seus pacientes. Esta doença, inicialmente chamada “Sarcoma Idiopático Pigmentado Duplo”, esteve muito tempo confinada à África Central e a sua causa era desconhecida. Mais de um século depois, a aparição desta doença em jovens e homossexuais de Nova Iorque, São Francisco e outras cidades costeiras dos Estados Unidos seria um dos primeiros sinais do que parecia ser uma doença nova, actualmente chamada SIDA. O Sarcoma de Kaposi é um tumor provocado por um vírus herpético descoberto em 1993. É actualmente o cancro mais assinalado em certas zonas da África subsaariana. 

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...