sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

11 DE DEZEMBRO - FERNANDA BOTELHO

EFEMÉRIDE – Maria Fernanda de Faria e Castro Botelho, escritora portuguesa, morreu em Lisboa no dia 11 de Dezembro de 2007. Nascera no Porto em 1 de Dezembro de 1926.
Estudou Filologia Clássica nas Universidades de Coimbra e de Lisboa, vindo a fixar-se em Lisboa para ocupar a direcção do departamento belga de turismo, entre 1973 e 1983.
Foi co-fundadora da revista “Távola Redonda”, nos anos 1950, tendo ainda colaborado noutras publicações periódicas, nomeadamente em “Europa”, “Graal” e “Colóquio/ Letras”.
Iniciou a sua carreira literária em 1951, com o livro de poesia “Coordenadas Líricas”. Consagrou-se depois no domínio do romance, ao publicar “Ângulo Raso” (1957). Recebeu, em 1961, o Prémio Castelo Branco, graças à obra “Gata e a Fábula”.
Depois de um longo período de ausência, publicou “Esta Noite Sonhei com Brueghel” (1987), também galardoado com um Prémio da Crítica. Com “As contadoras de histórias” (1998) venceu o Grande Prémio do Romance. “Gritos da Minha Dança” (2003) – o último livro editado ainda em vida da autora – contém textos autobiográficos que convivem com a ficção e a poesia.
Colaborou com a Fundação Gulbenkian desde 1982 (Comissão de Leitura do Serviço de Bibliotecas Itinerantes e Fixas), que foi aliás quem anunciou o seu falecimento à imprensa. Tinha 81 anos de idade. Foi sepultada no cemitério de Benfica em Lisboa. 

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...