domingo, 27 de dezembro de 2015

27 DE DEZEMBRO - ALAN BATES

EFEMÉRIDEAlan Arthur Bates, actor britânico, morreu em Londres no dia 27 de Dezembro de 2003, vítima de cancro no pâncreas. Nascera em Darley Abbey, Derbyshire, em 17 de Fevereiro de 1934. Foi nomeado em 1968 para um Oscar, com o filme “The Fixer”, e venceu o Tony Award de 2002, ano em que foi nomeado “sir” pela rainha da Inglaterra.
Estudou na Royal Academy of Dramatic Art, tendo começado a sua carreira teatral em 1955 num grupo de Midlands, antes de ingressar na English Stage Company.
Membro do grupo “Angry Young Men ”, animado por Harold Pinter, John Osborne e Peter Shaffer, iniciou a sua carreira no cinema em 1960, com “The Entertainer”. No mesmo ano, fez o papel de Mick na peça “The Caretaker” de H. Pinter. Rigoroso nas escolhas que fazia, apareceu em numerosos sucessos comerciais muito bem recebidos também pela crítica.  
Em 1964, o triunfo internacional de “Zorba o Grego”, em que contracenou com Anthony Quinn, contribuiu para aumentar a sua popularidade.
Foi nomeado para o Oscar de Melhor Actor em 1968. Seguiram-se vários filmes de relevo. Paralelamente, continuou a actuar no teatro. As suas aparições nos ecrãs dos cinemas tornaram-se mais raras nos anos 1990, mas ainda regressou em 2001 com o filme “Gosford Park” de Robert Altman.
Alan Bates foi casado com a actriz Victoria Ward, desde 1970 até à morte dela em 1992. Na biografia “The Life of Alan Bates”, publicada em 2007 por Donald Spoto, é revelada a sua bissexualidade, com a autorização expressa do seu filho e de um irmão. Muito discreto na sua vida privada, Bates interpretou no cinema vários papéis relacionados com a homossexualidade, nomeadamente em “Love” (1968).
Foi agraciado com a comenda da Ordem do Império Britânico em 1996 e foi feito cavaleiro em 2002. 

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...