quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

2 DE DEZEMBRO - D. ISABEL, RAINHA DE PORTUGAL

EFEMÉRIDED. Isabel, rainha de Portugal, também conhecida por D. Isabel de Portugal, D. Isabel de Lancastre, D. Isabel de Avis ou D. Isabel de Coimbra, morreu em Évora no dia 2 de Dezembro de 1455. Nascera em Coimbra, em 1 de Março de 1432.
Filha do infante regente D. Pedro, duque de Coimbra, e de sua mulher a princesa D. Isabel de Aragão, condessa de Urgel, casou em 6 de Maio de 1447 com o seu primo direito D. Afonso V.
D. Isabel vivera desde a infância um belo caso de amor com o rei e primo (junto do qual foi educada na corte de seu pai, o regente), que lhe retribuía com fervor essa afeição. Sofreu cruel desgosto com a intriga urdida pelo 1º duque de Bragança contra o seu progenitor, que veio a culminar na Batalha de Alfarrobeira, não tendo este incidente no entanto diminuído o amor e confiança entre o rei e a rainha.
D. Isabel de Lancastre morreu nova, como quase todos os infantes seus irmãos (a maior parte deles tendo sido assassinados ou envenenados (como se suspeita tê-lo sido ela própria). Foi mãe do infante D. João (que morreu em criança), de D. João II e de Santa Joana Princesa, ou princesa Santa Joana de Portugal.
A sua irmã mais nova, D. Filipa de Lancastre, infanta de Portugal, que vivia recolhida no Mosteiro de Odivelas, embora sem professar, serviu de mãe para os filhos da rainha. O seu irmão, D. Pedro, escreveu uma obra intitulada “Tragedia de la insignae Reyna Doña Isabel”, cujo enredo reflecte a vida de D. Isabel.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...