quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

3 DE DEZEMBRO - MARIA OUSPENSKAYA

EFEMÉRIDEMaria Ouspenskaya, actriz russa, morreu em Los Angeles no dia 3 de Dezembro de 1949. Nascera em Tula, em 29 de Julho de 1876. Alcançou sucesso desde a sua juventude como actriz de teatro na Rússia e, mais tarde, como actriz de cinema em Hollywood.
Estudou canto em Varsóvia, na Polónia, e interpretação em Moscovo, onde começou também a representar no teatro. Foi dirigida por Constantin Stanislavski e, para o resto da sua vida, defendeu e ensinou o sistema de Stanislavski, que os Estados Unidos chamavam de «O Método». O Teatro de Arte de Moscovo fez uma tournée pela Europa e, quando chegou a Nova Iorque em 1922, Maria decidiu ficar nos Estados Unidos.
Trabalhou com regularidade na Broadway durante o resto da década de 1920, ensinando também no American Laboratory Theatre. Em 1929, fundou a Escola de Artes Dramáticas em Nova Iorque. Uma das alunas de Ouspenskaya foi Anne Baxter, então uma adolescente desconhecida.
Apesar de já ter actuado em alguns filmes mudos russos alguns anos atrás, Ouspenskaya ficou em Nova Iorque até que os problemas financeiros da sua escola a obrigaram a procurar outros proventos. Rumou então para Hollywood. Ainda nos anos 1930, segundo o magazine “Popular Song”, abriu a Maria Ouspenskaya School of Dance
O seu primeiro papel no cinema norte-americano foi em “Dodsworth” (1936), que lhe valeu uma nomeação para os Oscars. Foi nomeada uma segunda vez em 1939, pelo seu papel em “Love Affair”. Maria interpretou uma velha cigana cartomante no filme de terror “Frankenstein Meets the Wolf Man” (1943). Entre outros sucessos, citam-se ainda “The Rains Came” (1939), “Waterloo Bridge” (1940), “The Mortal Storm” (1940), e “Kings Row” (1942).
Maria Ouspenskaya morreu de um derrame cerebral, dias depois de sofrer graves queimaduras durante um incêndio ocorrido quando adormeceu a fumar. Foi enterrada no Forest Lawn Memorial Park (Glendale).

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...