sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

10 DE FEVEREIRO - JOSEPH LISTER

EFEMÉRIDEJoseph Lister, 1º barão de Lister, cirurgião e pesquisador inglês, morreu em Walmer, Kent, no dia 10 de Fevereiro de 1912. Nascera em Upton, Essex, em 5 de Abril de 1827.  
Iniciou uma nova era no campo da cirurgia, quando demonstrou – em 1865 – que o ácido fénico (fenol) era um efectivo agente anti-séptico, cuja utilização veio a reduzir significativamente o número de mortes por infecções pós-operatórias.
Joseph era filho de um bem sucedido enólogo e cientista amador. O pai desenvolveu lentes de microscópio que não distorciam as cores, abrindo caminho para que esse equipamento fosse usado como uma importante ferramenta científica. Com essa contribuição para a ciência, foi conduzido a membro da Royal Society.
Joseph Lister foi professor de clínica cirúrgica em Glasgow e, depois, em Edimburgo e no King's College de Londres. Na década de 1860, usando a teoria dos germes de Louis Pasteur, introduziu a anti-sepsia que viria transformar a prática cirúrgica, com a redução de infecções pós-operatórias. Em reconhecimento, foi feito membro da Royal Society (a mesma honra concedida ao pai) e, mais tarde – de 1895 a 1900 – foi mesmo seu presidente. Em 1860, utilizou desinfectante para instrumentos e roupas cirúrgicas e, em 1867, realizou a primeira cirurgia asséptica.
Em 1869, a taxa de mortalidade tinha sido já reduzida de 40 para quinze por cento. O seu método começou por ser acolhido com cepticismo mas, nos anos 1880, foi aceite por todos. Laureado com a Medalha Real (1880) e com a Medalha Copley (1902), foi doutorado honoris causa pela Universidade Jagellonne de Cracóvia em 1900.   
Faleceu na sua casa de campo em Walmer, com 84 anos, sendo sepultado no cemitério de Hampstead, Fortune Green, em Londres.
O Instituto de Medicina Preventiva do Reino Unido, antes conhecido por Edward Jenner, teve o seu nome trocado em homenagem a Lister. Desde 1899, é chamado The Lister Institute of Preventive Medicine.
Lister é um dos dois cirurgiões do Reino Unido que têm um monumento público em Londres, localizado em Portland Place, Marylebone (o outro cirurgião é John Hunter). Há também uma estátua de Lister em Kelvingrove Park, Glasgow, celebrando a sua ligação a esta cidade.
Os inventores do elixir oral “Listerine” nomearam assim o seu produto, em homenagem a Lister. Em 1940, uma bactéria foi igualmente chamada Listeria em sua honra. 

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...