sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

24 DE FEVEREIRO - STANISŁAW IGNACY WITKIEWICZ

EFEMÉRIDEStanisław Ignacy Witkiewicz (“Witkacy”), panfletário, dramaturgo, romancista, pintor, fotógrafo e filósofo polaco, nasceu em Varsóvia no dia 24 de Fevereiro de 1885. Morreu em Jeziory, actualmente em território ucraniano, em 18 de Setembro de 1939.
Witkiewicz passou a infância em Zakopane, recebendo uma educação liberal. Em 1910, escreveu um longo romance que só foi publicado postumamente. Quatro anos mais tarde, a noiva suicidou-se. Desesperado, decidiu partir para a Nova Guiné. Amigo de infância de Malinowski, fundador da antropologia cultural, colaborou inicialmente com ele na expedição à Austrália, actuando como pintor, fotógrafo e secretário.
Foi oficial do Exército Russo durante a Primeira Guerra Mundial (a Polónia estava então sob tutela da Rússia). Depois, entre 1918 e 1926, escreveu mais de trinta peças teatrais, algumas das quais foram representadas naquela época. Simultaneamente, pintou numerosas telas. Tornou-se notado e célebre pelas suas excentricidades.  
Elaborou o conceito de “forma pura” na arte, sendo um dos autores polacos mais traduzidos. Suicidou-se, cortando as veias da garganta, quando fugia da invasão do exército soviético em Setembro de 1939.
Witkiewicz foi uma das figuras principais do teatro polaco e da chamada vanguarda europeia no início do século passado, antecipando assim o teatro que seria chamado posteriormente “teatro “do absurdo”.
Por curiosidade, diga-se que Witkiewicz nunca foi encenado em Portugal. Uma única vez, e em francês, foi tentado mostrar uma das suas obras (proibida pela censura do Estado Novo).
Há apenas tradução em português de uma peça teatral de Witkiewicz, elaborada por Luís Francisco Rebelo. Trata-se de “A Mãe”, publicada pela editora Prelo, em 1972.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...