terça-feira, 1 de novembro de 2011




EFEMÉRIDE Paulo Gonzo, de seu verdadeiro nome Alberto Ferreira Paulo, cantor, guitarrista e compositor português, nasceu em Lisboa no dia 1 de Novembro de 1956.


Foi fundador do grupo Go Graal Blues Band. Em 1984 começou uma carreira a solo, a par do seu trabalho na banda.


Em 1992 lançou o primeiro disco, “Pedras da Calçada”, que teve grande êxito, em grande parte devido ao tema “Jardins Proibidos”. Desde então, tem alternado discos cantadas em inglês e em português. Em Novembro de 1993 foi publicada a colectânea “My Best”, com os seus maiores sucessos em inglês.


O álbum “Fora d'Horas”, editado em 1995, incluiu letras de Pedro Abrunhosa, Rui Reininho e Pedro Malaquias.


Nos Prémios Blitz venceu um prémio de Melhor Voz Masculina, tendo sido também nomeado uma vez para Melhor Artista Masculino.


Em 1997 lançou a compilação “Quase Tudo”, que conseguiu a proeza de ser Sêxtupla Platina. Os maiores sucessos deste disco são uma nova versão de “Jardins Proibidos”, com a participação de Olavo Bilac, e “Dei-te Quase Tudo”.


Em 1998 foi editado o álbum “Suspeito”, com participação especial de James Cotton (ex-trompetista de Miles Davis). O disco atingiu o galardão de Platina.


Ao Vivo Unplugged”, gravado nos estúdios Valentim de Carvalho, foi editado em 1999. O disco revisita grande parte do percurso a solo de Paulo Gonzo. Como convidados aparecem Bernardo Sassetti, Rui Reininho, Tim e Zé Pedro.


O álbum “Mau Feitio”, gravado na Bélgica em 2001, teve Tito Paris e African Voices como convidados.


Paulo Gonzo tem tido grande sucesso não só em Portugal, mas igualmente nos Estados Unidos, Brasil e Canadá.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...