domingo, 11 de dezembro de 2011





EFEMÉRIDEJavier Pedro Saviola Fernández, futebolista argentino que joga actualmente no S. L. e Benfica, nasceu em Buenos Aires no dia 11 de Dezembro de 1981.


Começou a jogar no River Plate com 16 anos de idade, tornando-se rapidamente no grande artilheiro da equipa e contribuindo decisivamente para a conquista dos Campeonatos de Abertura e de Fecho em 1999/2000. Simultaneamente, foi eleito o Melhor Jogador Sul-Americano de 1999 e, com apenas dezoito anos, consideraram-no a «maior esperança do futebol argentino».


Em 2000 foi convocado para a Selecção Argentina. No ano seguinte, participou nos Mundiais de menos de 20 anos disputados na Argentina, sendo o Melhor Marcador e o Melhor Jogador do campeonato. A Argentina foi campeã e Saviola tornou-se no melhor marcador de toda a história deste torneio.


Em 2001 foi transferido para o F. C. Barcelona por 26 milhões de euros, um montante recorde para a sua idade. Na primeira época, marcou 17 golos. Apesar de tudo e talvez pela mudança consecutiva de treinadores, teve dificuldade em se impor como titular indiscutível.


Participou entretanto nos Jogos Olímpicos de 2004 ganhando a medalha de ouro com a equipa da Argentina. Em 2006 foi convocado para os Mundiais onde actuou com brilhantismo.


A contratação de Samuel Eto'o pelos catalães apressou a sua saída. Foi emprestado ao A. C. Monaco, sendo recebido com pompa e circunstância, mas não correspondeu às expectativas do técnico Didier Deschamps. De regresso ao Barcelona, foi emprestado em 2005 ao F. C. Sevilha. Efectuou uma época prometedora e conquistou a Taça UEFA, que constituiu o seu primeiro título na Europa. Com o prazo do empréstimo a expirar, começou a ser cobiçado por clubes como o Arsenal e o PSV Eindhoven.


Saviola decidiu porém ficar no Barça, com o qual tinha contrato até 2007, e ainda conquistou a Super Taça de Espanha em 2006. Transferiu-se finalmente para o Real Madrid, vencendo a Super Taça de Espanha e sendo Campeão Espanhol em 2008. Era no entanto pouco utilizado, com o lugar tapado por Van Nistelrooy e Raul.


Em 2009, o Benfica contratou-o por três anos e cinco milhões de euros. Voltou a jogar regularmente e entendeu-se na perfeição com Oscar Cardozo, formando uma dupla mortífera para as equipas adversárias e recuperando a confiança que perdera ao deixar o Barcelona.


Pelo Benfica venceu a Taça da Liga de 2009/2010 e de 2010/2011, sendo também Campeão de Portugal em 2009/2010. Jogou até agora 40 vezes pela Selecção da Argentina.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...