sábado, 19 de janeiro de 2013

19 DE JANEIRO - JEAN-FRANÇOIS REVEL

EFEMÉRIDEJean-François Revel, de seu verdadeiro nome Jean-François Ricard Paris, filósofo, escritor e jornalista francês, nasceu em Marselha no dia 19 de Janeiro de 1924. Morreu no Kremlin-Bicêtre, Val-de-Marne, em 30 de Abril de 2006.
Durante a 2ª Guerra Mundial, alistou-se na Resistência Francesa. Depois de completar o curso na Escola Normal Superior (Filosofia), ensinou na Argélia (então um departamento francês), no estrangeiro (México e Itália) e em França (Lille). Dedicou-se em seguida à carreira de jornalista e escritor, colaborando de modo muito regular na revista de arte “L'Œil” até 1967
Panfletário e ensaísta, colaborou no “France Observateur”, tornando-se nos anos 1970 director de “L'Express”, cargo que ocupou até 1981. Colaborou igualmente, como editorialista, nas estações de rádio Europa 1 (1980/92) e RTL (1995/98).
Embora tenha sido socialista até 1970, foi depois um dos mais acérrimos críticos do marxismo e da esquerda, no seio da intelectualidade francesa. No seu livro “A Grande Parada”, Revel procurou explicar os motivos para a sobrevivência da ideologia socialista, mesmo após a queda do muro de Berlim e o fim da URSS. Outros dos seus livros de grande destaque foram “Nem Marx, nem Jesus” (traduzido em mais de 20 línguas) e “A Obsessão Antiamericana”.
Além de obras políticas e filosóficas, escreveu também sobre literatura, história da arte e gastronomia. Foi eleito para a Academia Francesa de Letras em 1997, tendo sido condecorado com a Legião de Honra de França, o Oficialato da Ordem da Cruz do Sul do Brasil e o grau de Grande Oficial da Ordem de Henrique o Navegador de Portugal, sendo ainda Comendador da Ordem de Isabel a Católica de Espanha. 

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...