sábado, 3 de dezembro de 2016

3 DE DEZEMBRO - PADRE ANTONIO SOLER

EFEMÉRIDEPadre Antonio Soler, de seu nome completo Antonio Francisco Javier José Soler Ramos, religioso, compositor e organista espanhol, cujas obras estão enquadradas entre o barroco tardio e o período clássico, nasceu em Olot no dia 3 de Dezembro de 1729. Morreu no Escorial, em 20 de Dezembro de 1783. Actualmente, é mais conhecido pelas suas sonatas para teclado, uma importante contribuição para os repertórios do cravo, piano e órgão.
Em 1736, com 6 anos de idade, entrou para a escola do coro do Mosteiro de Montserrat, onde estudou com o maestro residente Benit Esteve e o organista Benito Valls. Em 1744, foi designado organista da catedral em Seo de Urgel, onde foi ordenado sub-diácono. Mais tarde, veio a ocupar o lugar de mestre de capela em Leida e no Escorial.
Tornou-se padre aos 23 anos e a sua rotina no Escorial, próximo a Madrid, foi a mesma durante três décadas. Vinte horas diárias eram divididas entre orações, contemplações e o cultivo da terra, uma vida simples e sem vaidades. Mesmo assim, neste ambiente austero, produziu mais de 500 obras musicais. Entre elas, encontram-se cerca de 150 sonatas, muitas das quais – acredita-se – tenham sido escritas para o seu aluno de música, o infante Gabriel, um dos filhos do rei Carlos III.
Os trabalhos mais populares do padre Soler são as suas sonatas para teclado que se comparam às do napolitano Domenico Scarlatti, que estava ao serviço da monarquia espanhola e com quem se supõe que tenha estudado ou sido aconselhado. Entretanto, os trabalhos de Soler são mais variados, na forma, do que os de Scarlatti, com algumas peças de três ou quatro movimentos, enquanto que as de Scarlatti são de um ou – no máximo – dois movimentos. As sonatas de Soler foram catalogadas no início do século XX pelo frei Samuel Rubio e a todas foi atribuído um número.
Soler também escreveu concertos, quintetos para órgão e cordas, motetos, missas e peças para solo de órgão. Escreveu ainda, em 1762, um tratado sobre modulação: “Llave de la modulación”.
Os seus excelentes “Seis Concertos para Dois Órgãos” têm sido gravados com frequência, ao longo dos tempos.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...