sábado, 17 de março de 2012




EFEMÉRIDEAntónio José Saraiva, professor e historiador de Literatura portuguesa, morreu em Lisboa no dia 17 de Março de 1993. Nascera em Leiria, em 31 de Dezembro de 1917.


Foi criado em Leiria até aos quinze anos. Estudou na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Obteve o doutoramento em Filologia Românica, em 1942.


Envolveu-se na oposição ao Salazarismo, tendo sido apoiante da candidatura presidencial do general Norton de Matos. Em 1949, foi preso e impedido de ensinar. Durante os anos seguintes, viveu exclusivamente das suas publicações e da colaboração em jornais e revistas.


Exilou-se em França em 1960, tendo em seguida ido viver para a Holanda, onde leccionou na Universidade de Amesterdão. Regressado a Portugal, após o 25 de Abril de 1974, tornou-se professor catedrático da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.


António José Saraiva foi autor de uma vastíssima obra, considerada uma referência nos domínios da História da Literatura e da História da Cultura portuguesas. Estudou diversos autores (Camões, Garrett, Alexandre Herculano, Fernão Lopes, Fernão Mendes Pinto, Gil Vicente, Eça de Queirós, Oliveira Martins, etc.) e publicou obras de grande fôlego como a “História da Cultura em Portugal” ou, em parceria com Óscar Lopes, a “História da Literatura Portuguesa”.


Era pai do jornalista José António Saraiva e irmão do historiador José Hermano Saraiva. Era também sobrinho de José Maria Hermano Baptista, militar centenário (1895/2002), o último veterano português sobrevivente da Primeira Guerra Mundial.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...