quinta-feira, 19 de setembro de 2013

19 DE SETEMBRO - LYDIA CABRERA


 
EFEMÉRIDELydia Cabrera, escritora, antropóloga e pesquisadora cubana, morreu em Miami no dia 19 de Setembro de 1991. Nascera em Havana, em 20 de Maio de 1899.
Lydia tinha uma doença que a impediu de frequentar a escola e o liceu, sendo educada em casa por tutores. Obteve também o bacharelato, estudando em casa, o mesmo acontecendo com um curso de pós-graduação. Mais tarde, pôde prosseguir normalmente os estudos, indo mesmo para Paris em 1927, tendo frequentado durante três anos a Escola do Louvre.
Começou as pesquisas para os seus contos em 1928, tendo publicado os primeiros trabalhos nas revistas francesas “Les Cahiers du Sud”, “la Revue de Paris” e “Les Nouvelles littéraires”. Os contos foram traduzidos para francês e publicados pela editora Gallimard em 1936, sob o título “Contos negros de Cuba”. Foram editados em espanhol em 1940.
Em 1930, numa visita que Federico García Lorca fez a Cuba, Lydia introduziu-o numa cerimónia secreta afro-cubana, que fascinou o poeta espanhol.
A partir de 1950, percorreu toda a ilha, compilando informações sobre mitos e rituais que eram guardados como um tesouro pelos anciãos negros e dos quais pouca gente tinha conhecimento. Lydia foi uma excelente porta-voz da cultura afro-cubana, convertendo-se numa divulgadora de todas as crenças e práticas religiosas presentes em Cuba. O seu livro “El Monte” é considerado por muitos com uma obra-mestra, uma espécie de bíblia das religiões afro-cubanas. Faleceu aos 92 anos de idade.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...