sábado, 28 de setembro de 2013

28 DE SETEMBRO - SYLVIA KRISTEL


 
EFEMÉRIDESylvia Kristel, modelo, actriz e realizadora holandesa, nasceu em Utrecht no dia 28 de Setembro de 1952. Morreu em Amesterdão, em 17 de Outubro de 2012.
Com um QI de 165, conseguiu “saltar” quatro anos na escola. Depois dos estudos secundários, trabalhou como secretária num escritório. Falava fluentemente holandês, francês, inglês e italiano.
Iniciou-se como modelo aos 17 anos, embora tivesse planeado vir a ser professora. Em 1973, ganhou o concurso Miss TV Europa. Iniciou-se depois no cinema, interpretando pequenos papéis em filmes holandeses. Tornou-se conhecida mundialmente, ao interpretar a personagem principal em quatro filmes eróticos da série “Emmanuelle” (anos 1970/80). O primeiro ficou em exibição nos cinemas dos Campos Elísios, em Paris, durante 13 anos.
Entretanto, entrou em filmes mais “clássicos” dirigidos por Claude Chabrol, Roger Vadim e outros realizadores de renome. No Brasil, foi ela que fez o ensaio fotográfico de lançamento da revista “Status”, em Agosto de 1974.
Apareceu na adaptação ao cinema de “O amante de Lady Chatterley” e obteve o papel principal numa biografia erótica da espiã Mata Hari. Fez seguidamente vários filmes, contracenando com – entre outros – Michel Piccoli e Alain Delon. Apesar de todos os sucessos e do apoio da crítica, Sylvia sentiu-se “amarrada” a papéis eróticos e a sua carreira de actriz terminou praticamente em 1981. Retomou ainda o papel de Emmanuelle em 1990.
Em 2004, estreou-se como realizadora com a curta-metragem “Topor et Moi”, que recebeu dois anos depois o Prémio de Melhor Curta-metragem – Menção Especial do Júri no Festival de Cinema de TriBeCa em Nova Iorque.
Com o título “Nua”, originalmente “Undressing Emmanuelle”, a sua autobiografia conta a história de alguém que lidou com a fama, o álcool, a cocaína, a exploração, os luxos, vários casamentos mal sucedidos e, para finalizar, um cancro. No final da vida, Sylvia Kristel dedicou-se ainda a pintar quadros, vivendo modestamente na cidade de Amesterdão.
Em Julho de 2012, foi vítima de um AVC, sendo internada em estado crítico. A actriz, que sofria há alguns anos de problemas de saúde, estava a fazer uma nova sessão de tratamento contra um cancro na garganta, diagnosticado dez anos antes e que se estendeu depois a um pulmão, Viria a falecer em Outubro de 2012, com sessenta anos de idade.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...