terça-feira, 14 de janeiro de 2014

14 DE JANEIRO - DONNA REED



EFEMÉRIDEDonna Reed, de seu verdadeiro nome Donna Belle Mullenger, actriz norte-americana, morreu em Beverly Hills no dia 14 de Janeiro de 1986. Nascera em Denison, em 27 de Janeiro de 1921. 
Educada no Colégio Municipal de Los Angeles, entrou em algumas peças teatrais escolares. Trabalhando mais tarde como dactilógrafa, sonhava poder um dia conquistar Hollywood. A eleição como Rainha pelos colegas de liceu, aos 16 anos, fez com que a sua foto fosse publicada com relevo no “Los Angeles Times”. A sua beleza chamou a atenção de muitos agentes e responsáveis de estúdios cinematográficos. Uma bela carreira ia começar.  A agência Feldman Blum organizou um casting que a levou a ser contratada pela prestigiada MGM.
Iniciou as suas actuações, fazendo papéis secundários, mas chegando a contracenar com Mickey Rooney e Judy Garland. Mais tarde, começou a ter desempenhos mais importantes, como nos filmes “Calling Dr Gillespie” e “See Here, Private Hargrove” (1944). No ano seguinte, distinguiu-se na adaptação ao cinema do romance de Oscar Wilde “O Retrato de Dorian Gray”.
Reed foi cedida à empresa de Frank Capra, para o filme “It's a Wonderful Life” (1946), contracenando com James Stewart. A película, no entanto, não teve grande sucesso nas bilheteiras. Trabalhou seguidamente em vários filmes, ao lado de Lana Turner, John Derek, Randolph Scott e John Wayne, entre outros actores.
Fez depois uma travessia do deserto durante vários anos. No entanto, em 1953, regressou à cena em “From Here to Eternity”, juntamente com Burt Lancaster, Montgomery Clift, Deborah Kerr e Frank Sinatra. O filme obteve oito Oscars, entre os quais o de Melhor Actriz Secundária para Donna Reed.
Filmou em seguida uma comédia com Jerry Lewis e Dean Martin, um thriller com Dana Andrews e um western com Rock Hudson, além de outros filmes e séries de televisão.
Decidiu, juntamente com o marido Tony Owen, lançar a sua própria empresa, a Productions Todon, e o “Donna Reed Show (A família Stone)”, um sitcom familiar, onde incarnou o papel de uma “mãe típica dos arredores das cidades norte-americanas”. Esta série durou oito anos e recebeu quatro prémios Emmy. Retirou-se depois, aparecendo apenas em mais um filme e dois telefilmes.
Nos anos 1980, pouco tempo antes de falecer vítima de cancro no pâncreas, substituiu ainda, durante uma temporada (1984/85), a actriz Barbara Bel Geddes na série “Dallas”. Foi casada três vezes.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...