sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

31 DE JANEIRO - JEAN SIMMONS



EFEMÉRIDEJean Merilyn Simmons, actriz britânica, nasceu em Londres no dia 31 de Janeiro de 1929. Morreu em Santa Monica, na Califórnia, em 22 de Janeiro de 2010, vítima de cancro num pulmão.
Filha de um antigo atleta olímpico e instrutor de ginástica, Jean Simmons teve uma infância feliz num subúrbio da classe operária de Londres, onde estudou na Orange Hill School em Golders Green.
Quando do início da 2ª Guerra Mundial, em 1939, Jean e os seus irmãos mais velhos foram para Somerset. Em 1943, voltou a Londres onde – juntamente com uma irmã – se matriculou na Ada Foster School of Dance. Duas semanas depois, o produtor cinematográfico Val Guest esteve na escola à procura de uma jovem para interpretar o papel da filha adolescente de Margaret Lockwood, no filme “Give Us The Moon”. Embora não tivesse experiência, Jean ganhou o papel e deixou o produtor impressionado com o seu talento instintivo. Depois de actuar em pequenos papéis, o seu trabalho em “The Way to the Stars”, em 1945, chamou a atenção do produtor Gabriel Pascal, que lhe ofereceu um contrato com o J. Arthur Rank Studio. Assim, aos 16 anos de idade, ela fez o papel de uma harpista no filme “Caesar and Cleopatra”, protagonizado também por Vivien Leigh. No mesmo ano, o cineasta britânico David Lean colocou-a no papel de Estella, na adaptação ao cinema da obra de Charles Dickens, “Great Expectations”.
Em 1950, foi eleita a mais popular estrela do cinema britânico. No Outono deste mesmo ano, viajou até aos Estados Unidos para promover “Trio”, adaptação ao cinema de uma colectânea de três contos de Somerset Maugham, em que ela actuava. Foi então escolhida pela revista “Life”, para capa de um dos seus números. Pouco tempo depois, voltou aos Estados Unidos, desta vez para entrar no seu primeiro filme americano, “Androcles and the Lion”.
O auge da sua carreira ocorreu em 1960, ao participar em três grandes produções: “Spartacus”, “Entre Deus e o Pecado” e “O Pecado Mora ao Lado”. Durante os anos 1980, passou a dedicar-se mais à televisão, aparecendo num grande número de séries e de filmes.
Em 1986, esteve internada no Betty Ford Center, em Rancho Mirage, na Califórnia, para tratamento ao alcoolismo, voltando depois às suas actividades normais na televisão. No cinema, reapareceu em “Star Trek: The Next Generation” (1991) e “Colcha de Retalhos” (1995), não abandonando, todavia, os seus trabalhos para a TV.
Jean Simmons casou-se aos 21 anos com o actor Stewart Granger, de quem se divorciou oito anos depois. Contraiu o seu segundo matrimónio em 1960, com o realizador Richard Brooks, tendo-se divorciado em 1977. Teve dois filhos, um de cada casamento. Em 1994, foi agraciada com o título de Membro do British Film Institute.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...