domingo, 26 de janeiro de 2014

26 DE JANEIRO - MICHEL DELPECH



EFEMÉRIDE – Jean-Michel Delpech, actor, autor, compositor e cantor francês, nasceu em Courbevoie (Hauts-de-Seine) no dia 26 de Janeiro de 1946.
Em 1964, conheceu Roland Vincent, que passaria a ser o seu compositor. Nesse mesmo ano, foi lançado pela editora Vogue o seu primeiro disco de 45 rotações “Anatole”. Em 1965, participou na comédia musical  “Copains Clopant”, que ficou em cena durante seis meses e lhe trouxe muita popularidade, sobretudo com a interpretação da canção “Chez Laurette”.
Por essa época, conheceu Chantal Simon, com quem se viria a casar em 1966. Seguidamente, fez a primeira parte de um espectáculo de Jacques Brel no Olympia.
Em 1967, Johnny Stark – o empresário de Mireille Mathieu – tomou conta também da sua carreira. No ano seguinte, conquistou o Grande Prémio do Disco com “Il y a des jours où on ferait mieux de rester au lit”. Passou depois para a editora Barclay. Foi a época dos seus grandes sucessos “Wight Is Wight” (em homenagem ao festival de rock da ilha de Wight), “Paul chantait Yesterday” (homenagem aos Beatles) e “Pour un flirt”.
Em 1970, deixou Johnny Stark e, dois anos depois, cessou a sua colaboração exclusiva com Roland Vincent. Foram lançados os discos “Les divorcés” e “Que Marianne était jolie” (1973), “Le chasseur” (1974) e “Quand j'étais chanteur” (1975).
Divorciou-se. Apesar dos seus sucessos, Michel Delpech atravessou um período conturbado e mesmo de depressão. Refugiou-se na religião, primeiro no budismo e depois no catolicismo. Falou-se em tentativas de suicídio, que ele desmentiria numa biografia onde contou detalhadamente todo este período.
Em 1985, casou-se com Geneviève Garnier-Fabre, também artista, que conhecera dois anos antes. Lançou o álbum “Loin d'ici”. Em 1989, foi publicada uma compilação dos seus sucessos que se vendeu muito bem. Desde então, grava regularmente novos discos e continua a fazer concertos. Em 2004, saiu o seu disco “Comme vous”, a que se seguiu uma tournée.
Em Dezembro de 2006, foi publicado o álbum de duetos “Michel Delpech & ...”, muito bem acolhido pelo público e que se classificou em primeiro lugar nos tops de vendas, em Janeiro de 2007. No mês de Março seguinte, deu dois concertos no Grand Rex em Paris, fazendo depois uma tournée em França.
Michel Delpech tem um filho, Emmanuel, nascido em 1990, que o acompanha como guitarrista desde 2007. Em Novembro de 2012, representou o seu próprio papel no filme de Grégory Magne e Stéphane Viard, “L'Air de rien”. Em Março de 2013, anulou vários dos seus concertos por razões de saúde relacionadas com uma doença do foro oncológico.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...