quinta-feira, 16 de abril de 2015

16 DE ABRIL - DAVID LEAN

EFEMÉRIDEDavid Lean, cineasta britânico, morreu em Londres no dia 16 de Abril de 1991. Nascera em Croydon, Surrey, em 25 de Março de 1908.
Estudou na Leighton Park School, em Reading, no Berkshire. Deixou a escola, na adolescência, para integrar a empresa de contabilidade do pai.
Aos 20 anos, largou tudo e ingressou no mundo do cinema. Começou por servir chá e carregar latas de negativos nos estúdios Lime Grove, em Londres. Trabalhou durante um mês, sem receber salário, nos estúdios Gaumont. Em pouco tempo, passou a montador (1930) e – em 1942 – co-dirigiu o filme “Nosso Barco, Nossa Alma”, em parceria com Noel Coward.
Chamou a atenção dos críticos e do público ao adaptar ao cinema as obras de Charles Dickens “Grandes Esperanças” (1946) e “Oliver Twist” (1948).
Apreciando os mais pequenos detalhes e apaixonado pela realização de épicos espectaculares, criou obras inesquecíveis para os amantes do cinema, como “A Ponte do Rio Kwai”, que recebeu o Oscar de Melhor Filme em 1957. Os seus filmes conquistaram ao todo 28 Oscars e renderam muitos milhões de dólares nas bilheteiras. Os recordistas foram “Lawrence da Arábia” e “Dr. Jivago”, ambos nos anos 1960.
Depois de um sucesso mitigado com “Ryan's Daughter” (1970), só dirigiu mais um filme – “A Passage to India”.
Teve como principal colaborador o compositor francês Maurice Jarre, responsável pelas bandas sonoras dos seus filmes mais conhecidos. Em 1984, recebeu o título de Cavaleiro do Império Britânico.
Foi considerado, em 2002, o 9º grande realizador da história do cinema, pelo magazine “Sight and Sound”, publicado pelo British Film Institute.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...