sexta-feira, 24 de abril de 2015

24 DE ABRIL - MIGUEL PORTAS

EFEMÉDRIDEMiguel de Sacadura Cabral Portas, jornalista e político português, morreu em Antuérpia no dia 24 de Abril de 2012, vítima de cancro pulmonar diagnosticado dois anos antes. Nascera em Lisboa, em 1 de Maio de 1958.
Licenciado em Economia pela Instituto Superior de Economia da Universidade Técnica de Lisboa, em 1986, foi animador cultural no concelho de Ourique (1984) e animador sociocultural na serra algarvia (1987).
Enveredando pela carreira de jornalista, foi director da revista cultural “Contraste” (1986) e, depois de ser admitido como redactor do semanário “Expresso” (1988), foi editor internacional da “Expresso Revista” (1992/94). Dirigiu ainda o semanário “” (1996), foi repórter da revista “Vida Mundial” (1998/99) e cronista no “Diário de Notícias” (2000/06) e no semanário “Sol” (2008/12).
Foi co-autor e apresentador de duas séries documentais para televisão: “Mar das Índias” (2000) e "Périplo" (2004). Publicou três livros: “E o resto é paisagem” (2002) de crónicas, ensaios e entrevistas; “No Labirinto” (2006) sobre o Líbano; e “Périplo” (2009) dedicado ao Mediterrâneo.
Detido pela polícia política (PIDE) aos 15 anos, pela participação no Movimento Associativo dos Estudantes do Ensino Secundário de Lisboa, aderiu à União dos Estudantes Comunistas do Partido Comunista Português (1973), chegando à sua comissão central um ano depois. Presidiu à Associação de Estudantes do Instituto Superior de Economia e coordenou o secretariado da Reunião Inter-Associações. Deixou o PCP em 1989.
Entre 1990 e 1991 foi assessor do presidente da Câmara Municipal de Lisboa para as questões culturais e urbanísticas. Foi um dos fundadores da Plataforma de Esquerda, dissolvida dois anos depois. Em 1994, criou a Política XXI, que agrupava membros da Plataforma de Esquerda, do MDP e independentes. A Política XXI foi uma das formações, juntamente com o PSR, a UDP e independentes, que deu origem ao Bloco de Esquerda, em 1999. No BE, foi cabeça de lista às eleições europeias em 1999 e candidato à Câmara Municipal de Lisboa em 2001. Foi eleito para o Parlamento Europeu em 2004 e reeleito em 2009. Era membro da Comissão de Orçamento e vice-presidente da Comissão Especial do Parlamento Europeu para a Crise Financeira, Económica e Social.
Miguel Portas era filho de Nuno Portas, arquitecto, e de Helena de Sacadura Cabral, economista e jornalista. Irmão de Paulo Portas, dirigente político; e meio-irmão de Catarina Portas, jornalista e empresária. Era também sobrinho-neto do aviador Sacadura Cabral. Tinha dois filhos com a jornalista Maria Ana Isabel Soromenho Gorjão Henriques.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...