terça-feira, 10 de dezembro de 2013

10 DE DEZEMBRO - ANTÓNIO MANUEL DE VILHENA



EFEMÉRIDEAntónio Manuel de Vilhena, aristocrata português, 66.º grão-mestre da Ordem dos Hospitaleiros de São João de Jerusalém, governador da ilha de Malta (onde então se achava a sede da Ordem) desde Junho de 1722 até à sua morte, faleceu em La Valeta, Malta, no dia 10 de Dezembro de 1736. Nascera em 1663. 
Em 1703, foi elevado ao cargo de grão-chanceler da Ordem e chefe da língua de Castela e Portugal. Mais tarde, ascenderia a bailio de São João de Acre e governador do Tesouro. Só em 1722, foi eleito grão-mestre da Ordem por voto de todos os eleitores, sendo um dos mais notáveis no cargo pelo seu valor nas batalhas e pela sua integridade na Administração Pública. O seu nome tornou-se conhecido em toda a Europa, pela habilidade, prudência e valor com que repeliu os ataques turcos.
Embora a maior parte dos grão-mestres de Malta não fossem muito queridos da população, Vilhena foi amado pelos seus contemporâneos por ter tentado melhorar a situação na ilha, criando inúmeras instituições de caridade. Para além disso, criou o Palácio da Ordem, em Floriana, um subúrbio de La Valeta, onde ainda hoje se ergue uma estátua em sua homenagem. Fez construir ainda o Forte Manuel e o Teatro Manuel (1731), sendo este considerado o segundo teatro mais antigo da Europa ainda hoje em utilização.
A sua sepultura na Co-Catedral de São João é considerada a maior e a mais sumptuosa de todas as sepulturas dos grão-mestres da Ordem de Malta.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...