sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

13 DE DEZEMBRO - ANA NERI



EFEMÉRIDEAna Justina Ferreira Neri, enfermeira brasileira e pioneira da enfermagem no Brasil, nasceu em Cachoeira no dia 13 de Dezembro de 1814. Morreu no Rio de Janeiro em 20 de Maio de 1880. Casou com o capitão-de-fragata Isidoro António Nery em 1837, enviuvando seis anos depois. Ficou com três filhos.
Ao deflagrar a Guerra do Paraguai (Dezembro de 1864), foi incorporada no exército. Requereu então ao presidente da província da Bahia, que lhe fosse dada a possibilidade de acompanhar simultaneamente os filhos e o irmão durante a guerra, prestando serviço em hospitais. Deferido o pedido, partiu de Salvador (Agosto de 1865) com o 10º Batalhão de Voluntários, na qualidade de enfermeira.
Durante toda a campanha, prestou serviço nos hospitais militares de Salto, Corrientes, Humaitá e Assunção, bem como nos hospitais da frente de operações. Viu morrer na luta um dos seus filhos e, terminada a guerra, ao regressar à sua cidade natal, foram-lhe prestadas grandes homenagens. O governo conferiu-lhe a Medalha Geral de Campanha e a Medalha Humanitária de Primeira Classe. Faleceu com 65 anos.
Em 1923, para a homenagear, foi dado o seu nome à primeira escola oficial brasileira de enfermagem de alto padrão. Em 1938, o presidente da República Getúlio Vargas assinou um decreto que instituiu o Dia do Técnico de Enfermagem, devendo nessa data ser invocada a memória de Ana Neri, em todos os hospitais e escolas de enfermagem do Brasil.
Em 2009, por intermédio da Lei 12 105 de 2 de Dezembro, Ana Justina Ferreira Neri entrou para o livro dos Heróis da Pátria, que se encontra depositado no Panteão da Liberdade e da Democracia, em Brasília.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...