quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

25 DE DEZEMBRO - RAUL POMPEIA



EFEMÉRIDERaul d'Ávila Pompeia, escritor brasileiro, morreu no Rio de Janeiro em 25 de Dezembro de 1895. Nascera em Angra dos Reis no dia 12 de Abril de 1863.
A família mudou-se para o Rio de Janeiro, ainda ele era muito jovem. Matriculado no Colégio Abílio, distinguiu-se como um bom aluno. Na época, já redigia o jornalzinho “O Archote”. Prosseguiu os seus estudos no Colégio Pedro II e publicou – em 1880 – o seu primeiro romance, “Uma tragédia no Amazonas”. Em 1881, matriculou-se na Faculdade de Direito de São Paulo, participando nas correntes de vanguarda, materialistas e positivistas, que visavam fundamentalmente a abolição da escravatura e a implantação da República.
Participou intensamente em manifestações estudantis. Paralelamente, iniciou a publicação, no “Jornal do Commercio” do Rio de Janeiro, dos poemas em prosa “Canções sem Metro”. Terminou o curso de Direito na Faculdade de Direito do Recife, para onde se transferira juntamente com noventa colegas, provavelmente em consequência da defesa dos ideais abolicionistas e republicanos. De volta ao Rio de Janeiro, iniciou-se no jornalismo profissional, escrevendo crónicas, folhetins e contos. Integrava tertúlias boémias e intelectuais e, aos poucos, impôs-se nos meios literários.
Em 1888, deu início à publicação de um folhetim na “Gazeta de Notícias” e, no mesmo ano, publicou o romance impressionista “O Ateneu”, uma «crónica de saudades», que lhe deu a consagração definitiva como escritor.
Após a Lei Áurea e a Proclamação da República, prosseguiu nas suas actividades de jornalista político, engajando-se no grupo dos chamados “florianistas”. Tendo pronunciado um inflamado discurso junto ao túmulo de Floriano Peixoto (1895), foi demitido do cargo que ocupava na Biblioteca Nacional. Suicidou-se com um tiro no peito, na noite de Natal, no escritório da casa onde morava com a mãe, que assistiu à sua morte. Era membro da Academia Brasileira de Letras.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...