sexta-feira, 24 de julho de 2015

24 DE JULHO - JORGE JESUS

EFEMÉRIDEJorge Fernando Pinheiro de Jesus, ex jogador e actual treinador de futebol português, nasceu na Amadora em 24 de Julho de 1954. Como jogador, iniciou a sua carreira no Sporting CP, actuando depois em doze outros clubes durante 17 anos, incluindo nove temporadas na Primeira Liga. Retirou-se em 1989. Estreou-se como treinador em 1990 e entrou na Primeira Liga com o FC Felgueiras, na época 1995/96. Trabalhou com outras equipas, incluindo o CF Belenenses, o CF Estrela da Amadora, o Vitória de Setúbal, o Vitória de Guimarães, o Moreirense FC e o SC Braga. De 2009 a 2015, foi treinador do SL Benfica, ganhando dez títulos e alcançando duas finais da UEFA Europa League.
O primeiro clube que treinou foi o Amora FC, tendo-se sagrado Campeão Nacional da 3ª Divisão. Seguidamente, orientou o FC Felgueiras, que subiu desde a 2ª Divisão B até à Primeira Liga.
Em 2009, Jorge Jesus substituiu Quique Flores no comando técnico do Benfica, sendo contratado por um período de dois anos, mais um de opção Durante a apresentação oficial, mostrou-se bastante confiante no seu trabalho, ao dizer que chegava ao clube com a certeza de que ia ser campeão. Com efeito, no seu primeiro ano, levou o Benfica à conquista do 32º título de Campeão Nacional. No final desta época, também venceu a Taça da Liga. O Benfica estendeu desde logo o seu contrato até 2013.
Em 2010/11, a época foi menos bem sucedida, se bem que tenha ganho a segunda Taça da Liga e realizado um bom percurso na Liga Europa, chegando até às meias-finais.
Na época 2011/12, levou o Benfica ao 8º lugar no ranking dos Melhores Clubes do Mundo, tornando-se a melhor equipa portuguesa nesse período. Terminou a época com a terceira vitória consecutiva na Taça da Liga e o segundo lugar no Campeonato Nacional. Nos quartos-de-final da Liga dos Campeões, o Benfica foi eliminado pelo Chelsea FC, que viria a sagrar-se Campeão Europeu.
Em Maio de 2013, Jorge Jesus levou o Benfica à sua nona final europeia (Liga Europa da UEFA), reafirmando o prestígio do clube. Tal não acontecia desde 1989/90.
Em 2014, conquistou o segundo Campeonato Português da sua carreira e o 33º título de Campeão Nacional do Benfica. Em Maio, venceu a sua quarta Taça da Liga (a 5ª do Benfica). Disputou de novo a final da Liga Europa, sendo vencido pelo Sevilha FC nas grandes penalidades. Ganhou igualmente a Taça de Portugal. Em Agosto de 2014, Jorge Jesus venceu a sua primeira Super Taça, superando János Biri como o treinador com mais jogos à frente do Benfica (273). Ultrapassou também o número de troféus ganhos por János Biri e Otto Glória como técnicos do Benfica.
Em 2014/15, ganhou o 3º título de Campeão Nacional e a 5ª Taça da Liga. Foi considerado o Melhor Treinador em 2009/10 e 2013/14. Em 2013, foi também considerado o 8º Melhor Treinador do Mundo. Em 2014, recebeu o Troféu Cosme Damião de Treinador do Ano.
Em Junho de 2015, depois de várias controvérsias, fez uma declaração à comunicação social, afirmando que tinha terminado o vínculo como treinador do Benfica, assinando depois um contrato de três anos com o Sporting, que lhe renderá seis milhões de euros. 

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...