segunda-feira, 6 de julho de 2015

6 DE JULHO - ROY ROGERS

EFEMÉRIDERoy Rogers, de seu verdadeiro nome Leonard Franklin Slye, cantor e actor norte-americano, morreu em Apple Valley no dia 6 de Julho de 1998, vítima de problemas cardíacos. Nascera em Cincinnati, em 5 de Novembro de 1911. Ele e a sua terceira esposa, Dale Evans, o seu cavalo Trigger e o seu cachorro Bullet, apareceram em aproximadamente uma centena de filmes. Fizeram também o programa “The Roy Rogers Show”, que começou na rádio e, nove anos depois, passou para a televisão, onde ficou de 1951 a 1957. A alcunha de Roy era o “King of the Cowboys”, enquanto a esposa era a “Queen of the West”.
Em Julho de 1912, a família de Rogers mudou-se para uma casa/barco em Portsmouth. Em 1919, foram morar e explorar uma fazenda, mas como isso não era suficiente para o sustento, o pai de Rogers teve de ir trabalhar numa fábrica de calçado.
Rogers estudou em McDermott e, quando completou 17 anos, a família regressou a Cincinnati. Rogers passou a trabalhar com o pai e a estudar à noite. Após ter sido ridicularizado por alguns companheiros de classe, deixou a escola e nunca mais voltou a estudar.
Em 1929, Mary, a irmã mais velha, foi viver com o marido em Lawndale, na Califórnia. No ano seguinte, Rogers e a família foram visitá-la e alugaram uma casa nas proximidades. Rogers e o pai empregaram-se então como motoristas nas obras de construção de uma auto-estrada. Rogers começou a cantar e a tocar violão. Ele e um primo apresentavam-se em Los Angeles como os The Slye Brothers. Em 1933, Rogers casou-se com Lucile Ascolese, mas divorciaram-se três anos depois.
Em 1934, Rogers ajudou Bob Nolan e outros a formar o grupo Sons of the Pioneers. Logo apareceram as primeiras canções de sucesso, como “Cool Water” e “Tumbling Tumbleweeds”. O grupo causou grande impacto na música norte-americana, nomeadamente no country'n'western (um dos ramos do country). Além disso, Roy cantou em filmes de John Ford e apareceu em vários outros.
Em 1935, usando o nome artístico Leonard Slye e na qualidade de componente dos Sons of the Pioneers, estreou-se no cinema, na comédia “Slightly Static”, uma curta-metragem. Nesse mesmo ano, o conjunto apareceu em “Tumbling Tumbleweeds” da série de Gene Autry, outro cowboy/cantor famoso.
Em 1938, após fazer pequenos papéis em várias películas, Slye – já sem pertencer aos Sons of the Pioneers – foi registado pela Republic Pictures como Roy Rogers e estrelou aquele que foi verdadeiramente o seu primeiro grande filme, “Under Western Stars”. A fama de Rogers começou a aumentar e chegou e superar Gene Autry, na preferência dos inúmeros fãs de filmes e discos do género. Rogers trabalhou igualmente numa película de John Wayne, “Dark Command” (1940).
Em 1944, a actriz Dale Evans foi escalada para um dos seus filmes, “The Cowboy and the Señorita”. Após a morte da sua segunda esposa (Arline Wilkins), casaram-se em Dezembro 1947 e foram morar num rancho em Davis, no Oklahoma. Viveram juntos até ao falecimento de Rogers.
Rogers e Dale tornaram-se defensores da adopção de crianças e eles mesmos adoptaram várias. Apesar dos enormes custos com a sua acção filantrópica, Rogers – ao contrário de outros cowboys/cantores – nunca foi milionário.
Como vários astros dos filmes western dos anos 1940/50, a figura de Roy Rogers também foi adaptada para a banda desenhada, tanto em “tiras” de jornais como em revistas da especialidade.  

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...